Indústria têxtil: uma conquista que depende da gente

0
A Bahia é o segundo maior produtor do Brasil.

Por Ivan Cordeiro – Pavimentação de ruas e avenidas, construção de praças, limpeza de canais, são ações básicas e necessárias para a manutenção e expansão da infraestrutura urbana, entretanto, precisamos conversar sobre o que de fato pode transformar a vida da população, precisamos conversar sobre a criação de um ambiente propício para negócios e a geração de emprego e renda na terceira maior cidade da Bahia.

O estado da Bahia contribui para que o Brasil seja um dos cinco maiores produtores de algodão do mundo. Segundo dados da Abapa – Associação Baiana dos Produtores de Algodão, a Bahia é o segundo maior produtor de algodão do Brasil e exporta para 8 países, conquistando a fama como um dos melhores produtores no mercado internacional. Registra-se, nesse sentido, que o algodão é a matéria-prima mais importante e a mais utilizada na indústria têxtil.

A indústria têxtil representa no contexto nacional uma das principais atividades econômicas geradoras de emprego e renda. O potencial da cadeia produtiva têxtil é enorme e oferece diversas oportunidades de negócio, desde as fábricas de fiação, tecelagem, malharia, até as de confecção. O grande impacto social e econômico do setor têxtil serve também como oportunidade de desenvolvimento para os municípios que possuem poucas alternativas de crescimento.

A grande produção de algodão do oeste baiano tem chamado a atenção de várias indústrias de fiação e tecelagem do país. Vitória da Conquista está situada numa localização estratégica e não pode deixar de aproveitar devidamente as oportunidades que a indústria têxtil tem para oferecer. Precisamos nos mobilizar, Conquista precisa andar pra frente, com mais emprego, renda e desenvolvimento para todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui